2
Iluminação, o truque das cores

Tags:, , Categoria: Computação Gráfica segunda-feira, 25-04-2011

A iluminação é a chave principal no que diz respeito à qualidade de uma cena. Seja um fotógrafo, um cineasta, um pintor ou um artista 3D, todos buscam o domínio sobre esta fascinante força da natureza chamada luz.

Ela pode trazer um ambiente de poder, de nostalgia, de terror, ou ainda pode nos causar tristeza ou alegria dependendo da intensidade e da técnica utilizada ao empregar a iluminação.

Indiana Jones e a Última Cruzada

Se a iluminação não estiver em harmonia com o objetivo da cena, pouco importarão belos personagens ou objetos bem posicionados . A má configuração da iluminação pode comprometer uma cena que poderia ser um sucesso visual e até mesmo sentimental no expectador.

Analisando alguns filmes de grandes empresas, como a Pixar ou a Dreamworks, percebemos que nem sempre existe uma preocupação exagerada no que se refere à realidade dos objetos ou ao formato dos personagens, todavia a iluminação destes filmes é sempre impecável.

O Fenômeno das cores

Se perguntarmos para um leigo no assunto, como uma criança, por exemplo, sobre o que mais atrai a sua atenção em um filme de animação da Disney ou Dreamworks, ela certamente responderá que são as cores.

Na verdade, o que torna as cores atraentes em um filme qualquer é a iluminação utilizada nas cenas. Não importa se o filme é uma animação como Madagascar ou um épico de aventura como Indiana Jones, a iluminação é a chave para o expectador ser atraído para dentro da fantasia proposta no filme.

Concept Art do Filme Megamente

Mas se meu objetivo é obter cores atraentes, por que devo me preocupar com a iluminação? Não basta simplesmente usar cores bonitas?

A resposta para esta pergunta infelizmente é não.

As cores não são nada mais que um fenômeno óptico provocado pela ação dos feixes de luz sobre as células da retina que por sua vez é capaz de processar 3 frequências de luz que correspondem respectivamente ao Vermelho, ao Verde e ao Azul. Em outras palavras, nossos olhos funcionam pelo “sistema aditivo” , também conhecido como RGB.

Neste processo, o nosso cérebro pinta dinamicamente a cena que estamos vendo com base nas frequências presentes nos feixes de luz recebidos pela retina.

A variação dos feixes de luz é provocado pela pigmentação encontrada nos objetos (como tinta por exemplo ) que filtram a luz e devolvem para a retina as frequências da cor. Este processo de filtragem é o “sistema subtrativo” , também conhecido como CMY.

O Processo de Coloração

Em outras palavras, a iluminação é o fator principal para um bom trabalho, seja ele na área de 3D, na área cinematográfica ou até mesmo em um desenho.

Nos próximos artigos, vamos aprender a utilizar a luz a nosso favor, de forma a aumentar a qualidade de nossos trabalhos.

Até breve, pessoal!

Referências Externas:» http//pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_das_cores
» http//pt.wikipedia.org/wiki/RGB
» http//pt.wikipedia.org/wiki/CMYK

4
Iluminação e a temperatura da luz

Iluminação e a temperatura da luz

sexta-feira, 29-04-2011

A temperatura das cores tem importância fundamental tanto na criação de ilustrações como na animação. Vamos aprender neste artigo o instigante conceito da temperatura da luz e suas aplicações na … Continue lendo

2 Comentários para este Artigo

  1. Marcos Augusto (Replicar) 25 de abril de 2011

    Mais um artigo excelente! Parabéns para vocês da RPDesigner. Pura qualidade.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante e ajudará este site a ficar cada vez melhor

Texto do seu comentário:

Pergunta para validação: 5+6 =